Rua Bem Te Vi, n1 * no final do Pina- Av Boa Viagem * Recife - PE info@kai.net.br tim 99945 1911 claro 99211 9923

Kendo

A nobre arte de esgrima Japonesa. Kendo significa literalmente “o caminho da espada”. Inspirado nas técnicas de luta com sabre dos Samurai, o Kendo é uma adaptação destas aos tempos modernos. Os Kenshi (praticantes) usam uma o Shinai (espada de bambu) e um Bogu (conjunto de proteções) que eliminam o risco de lesões durante a prática. A prática do Kendo pressupõe também o estudo do Kata (forma), usando um Bokuto (espada de madeira).

O Kendo proporciona um treino físico completo e equilibrado, contribuindo para melhorar  a capacidade de concentração e confiança.

O que é o Kendo?

O Kendo é uma arte marcial que tem origem nas técnicas de combate dos antigos guerreiros japoneses.
Enquanto que, por exemplo, o Judo deriva de técnicas de combate corpo a corpo, o Kendo é uma adaptação das técnicas de luta com espada.
Pode então, considerar-se o Kendo como a esgrima Japonesa.
Contudo não se pense que estamos a falar de uma atividade violenta e perigosa, muito pelo contrário. O Kendo evoluiu no sentido de se tornar uma atividade segura, divertida e muito recompensadora em termos físicos e psíquicos. Todo o equipamento de proteção, bem como a espada (de ripas de fibra de carbono ou bambu), reduzem a zero o risco de acidentes.
Tal como na Esgrima, um assalto de Kendo consiste no confronto entre dois praticantes. O objetivo destes é a marcação de pontos, feita através de um correcto uso da técnica de maneira a atingir o adversário num dos quatro pontos permitidos.

002_580x380No Japão, depois do Baseball, o Kendo é a atividade com maior número de praticantes. Isto deve-se ao fato de ter um papel muito importante na Educação Física dos Japoneses, desde as crianças das escolas primárias até aos estudantes universitários.
De fato, o Kendo é uma modalidade muito versátil podendo ser praticada por crianças desde os cinco, seis anos até, pessoas de idade avançada, como é o caso dos grandes mestres. Cerca de 1.6 milhões de pessoas praticam Kendo neste país (Japão), no resto do mundo o número de praticantes eleva-se a 6 milhões, distribuídos por vários países, principalmente Europeus.

Esta importância atribuída ao Kendo pelos Japoneses tem uma razão de ser. Evidentemente, existem razões culturais, mas as mais importantes estão relacionadas com aquilo que o Kendo tem para oferecer aos seus praticantes. Para além de proporcionar um treino físico muito completo, permite ao praticante desenvolver capacidades que lhe são muitíssimo úteis não só como kenshi, mas também como pessoa. O poder de concentração, a capacidade de resolução, a autoconfiança, lealdade, o respeito e outros aspectos diretamente relacionados com a constante evolução e melhoramento de si próprio, são alguns exemplos daquilo que se pode obter através da prática regular do Kendo.