Rua Bem Te Vi, n1 * no final do Pina- Av Boa Viagem * Recife - PE info@kai.net.br tim 99945 1911 claro 99211 9923

Princípios e Objectivos

Objetivos

Enquanto que o mundo parece simultaneamente englobar e dividir as atividades pluridisciplinares, o projeto «Tenchi» procura reunir, aproximar, trocar experiências.
Seu objetivo é o de dar um sentido às Artes do Movimento desafiando as fronteiras entre Oriente e Ocidente, mais no sentido da inclusão do que exclusão.

A KAI – Artes e Movimento oferece aos recifenses, em um espaço com ambiente apropriado e único no Pina, um leque de artes do movimento (Aikido, Kendo, TenChi Tessen, Iaido, Yoga) que se orientam para:

  • ser um elo entre as dimensões física e mental, a fim de assegurar a harmonia entre Espírito, Alma e Corpo.
  • garantir uma redução dos efeitos negativos inerentes ao ritmo a que o homem, imerso nas exigências da sociedade atual, se obriga a viver.
  • uma prática física completa e equilibrada, contribuindo para melhorar a capacidade de concentração e confiança, controle da respiração, atitude corporal, respeito pela pessoa humana, controlo da agressividade, coordenação neuromuscular, coordenação da resistência cardíaca.
  • uma prática com vista ao aperfeiçoamento humano.

Significado de KAI

O termo “KAI” tem diversas origens e signifcados de acordo com a cultura onde o conseguimos identificar:

Cais de um Porto – Basco

Forte, inquebrável – Birmanês

Vitória ou Triunfante – Mandarim

Provavelmente – Finlandês

Oceano, água do Oceano – Hawaiano

Grandes águas, Oceano – Japonês

Alimento – Maori

Árvore Salgueiro – Navajo

Guardador de Chaves, porto seguro – Germânico

Amor – Nigeriano / Yoruba

Ser Estar – Quechua

Principios

Sendo parte integrante da escola TenChi Internacional, com sede em Sintra Portugal, segue os seus ensinamentos e baseia seus princípios e orientações nos do TenChi:

«O perigo reside na mecanização do gesto em benefício da tecnicidade e da eficácia; a perda da alma do movimento e a ausência de reflexão por falta de tempo; a repetição puramente física, uma orientação sem consciência faria perder o espírito de vigilância, reflexo desta beleza próxima da Perfeição. Mas a Arte do Movimento oferece, sem sombra de dúvida, uma permeabilidade cultural e abre a um mesmo universo simbólico as diferentes culturas. A sua contribuição é fundamental e criadora.» (Georges Stobbaerts)

Sonho ou Utopia?

“Deveria haver um lugar onde todo o ser humano pudesse viver livremente como um cidadão do mundo. Um lugar onde o despertar do homem e o seu progresso interior se fizessem na harmonia entre o corpo e o espírito. Um lugar onde as artes se encontrassem a fim de acordar as consciências. Um lugar consagrado a criar relações de fraternidade entre os homens e a fazer prevalecer a paz no mundo.”
Georges Stobbaerts, Ten-Chi – 1978